O tratamento ortodôntico pode ser realizado com diferentes tipos de aparelhos. Cada aparelho apresenta características específicas que podem influenciar no tempo de tratamento, na manutenção e na estética facial do paciente. Explicaremos tudo sobre aparelho ortodôntico nesse artigo. Vamos lá!?

 

O QUE É APARELHO ORTODÔNTICO

O aparelho ortodôntico ou aparelho dentário é utilizado para corrigir ou alinhar a posição dos dentes, não somente por motivos estéticos, mas também por motivos de ordem funcional ou de má oclusão, que é o encontro da arcada superior com a inferior.

Há modelos fixos e móveis, com ou sem braquetes, metálicos, transparentes, de porcelana — cada um com uma finalidade específica.

 

QUANDO USAR APARELHO ORTODÔNTICO

Apesar de o motivo estético ser o primeiro lugar na hora de um paciente buscar um aparelho ortodôntico, ele só poderá ser colocado após uma avaliação completa da saúde bucal por um ortodontista.

Os benefícios da correção dentária podem ir muito para além da estética, pois pode proporcionar também melhorias na mastigação, na respiração, além de diminuir problemas da articulação temporo-mandibular (articulação entre o maxilar inferior e o crânio), que podem provocar dores de cabeça e limitações na abertura e fechamento da boca, entre outros.

 

TIPOS DE APARELHO ORTODÔNTICO

Os aparelhos ortodônticos possuem diferentes modelos e funções. Os mais comuns são:

Aparelho fixo

É o mais utilizado para alinhamento dos dentes.

Braquetes metálicos são colados aos dentes. Depois um arco é preso com borrachinhas a eles, servindo de guia para a ajustar a posição dos dentes.

 

 

 

Aparelho autoligado

Neste tipo de aparelho, o arco é preso diretamente nos braquetes, sem o uso das borrachinhas. Permite uma melhor movimentação dos dentes, deixando o tratamento mais rápido, podendo reduzir o número de manutenções.

 

 

Aparelho estético

O aparelho estético é uma versão mais discreta do aparelho fixo metálico. Funciona da mesma maneira, a diferença é que os braquetes são feitos de policarbonato, porcelana ou safira ao invés de metal. Os aparelhos estéticos podem ser tanto convencionais como autoligados.

A principal vantagem é que são muito mais discretos que os aparelhos metálicos comuns, por ter uma cor muito próxima a dos dentes naturais.

 

Aparelho de Porcelana

No aparelho ortodôntico de porcelana a substituição dos braquetes metálicos é feita por material de cerâmica ou porcelana policristalina (brancos), confundindo-se assim com a cor natural dos dentes.

Aparelho de safira

O aparelho de safira é idêntico ao de porcelana, mas, neste caso, os braquetes são de porcelana monocristalina, que é mais translúcida que a policristalina. A safira é mais densa e mais resistente à fratura e ao descolamento que a porcelana comum.

 

 

Aparelho Invisível

Esses tipos de alinhadores são placas 100% transparentes que ficam em volta dos dentes, não tem braquetes. É considerado o tipo mais discreto e confortável que existe no mercado.

 

 

 

Aparelho lingual

No aparelho lingual ou aparelho invisível é possível “esconder” o aparelho. A colocação e fixação do material é feita pela parte de trás dos dentes (interno), ficando a parte da frente livre.

Apesar de ser “escondido”, o aparelho ortodôntico lingual ou invisível dificulta a higienização dos dentes, pela localização.

 

 

Aparelho de contenção

Depois da remoção do aparelho fixo é importante manter os dentes na posição final correta. O método mais usado é o aparelho de contenção, que encaixa nos dentes e os mantém em posição estática.

Uma outra alternativa são as chamadas férulas de contenção. É um fio de arame que é “colado” ou fixo pela parte de trás dos dentes, evitando o seu deslocamento.

 

 

Aparelho móvel ou removível

Tal como o nome sugere, este tipo de aparelho pode ser retirado da boca, o que normalmente só acontece nas refeições e na hora de escovar os dentes.

O aparelho ortodôntico removível é constituído por duas partes, uma parte em acrílico que preenche o palato (céu da boca), e uma parte em metal — arcos e ganchos em arame que se fixam aos dentes.

 

É um aparelho mais barato e mais simples, aconselhado para casos que não exigem muita tensão nos dentes. Muito indicado para tratamento em crianças, por não ter uma ação muito agressiva e fazer apenas pequenas modificações, que não requerem um tratamento muito complexo.

 

QUAL APARELHO ORTODONTICO É MELHOR

Não existe o melhor tipo de aparelho. O melhor é aquele que se adequa às necessidades do tratamento: a escolha é influenciada pelo tipo de oclusão, idade e expectativa do paciente. Para cada problema existe um aparelho ideal e, muitas vezes, é necessário mais de um tipo de aparelho para que os objetivos esperados sejam alcançados. Por exemplo, existem casos em que o começo do tratamento é feito com o aparelho expansor ou móvel, depois o fixo é colocado para corrigir as posições dos dentes e, por fim, o tratamento é finalizado com a contenção para manter o resultado.

 

QUAL O VALOR DO APARELHO ORTODÔNTICO

O preço de um aparelho varia muito conforme o tipo. Para saber quanto custa, o primeiro passo é procurar um dentista especializado em ortodontia.

Dessa forma, o profissional irá fazer uma avaliação completa informando se você precisa ou não de usar aparelho, qual modelo, tempo aproximado de tratamento e valores.

Entretanto, é importante que o paciente saiba que, para colocar o aparelho ortodôntico, ele precisará fazer alguns exames que são pedidos pelo dentista, geralmente exames radiológicos. Esses exames ajudam o dentista na análise e no planejamento para o tratamento. São as chamadas pastas ortodônticas — essenciais para o diagnóstico e acompanhamento do tratamento.

 

O QUE NAO COMER COM APARELHO ORTODÔNTICO

É essencial que pacientes com aparelhos ortodônticos dobrem os cuidados quanto a higiene bucal, além de manter um acompanhamento periódico com um profissional especializado. Além de prevenir cáries e outros problemas, uma boa higiene contribui para que os resultados do tratamento ortodôntico sejam satisfatórios. Veja alguns cuidados essenciais:

Atenção aos alimentos

Quem usa aparelho ortodôntico precisa evitar alimentos duros, pegajosos e muito açucarados para não comprometer o aparelho e retardar o resultado do tratamento

Limpeza redobrada

Pessoas com aparelho ortodôntico necessitam de um cuidado redobrado. Isso porque as peças facilitam o acúmulo de alimentos e bactérias que precisam ser eliminados constantemente. Use objetos que podem facilitar a limpeza, como agulhas de plástico para passar o fio dental e escovas específicas.

 

COMO COLOCAR APARELHO ORTODÔNTICO

O primeiro passo para colocar um aparelho ortodôntico é fazer uma avaliação com um profissional qualificado. Depois do diagnóstico, o ortodontista faz a indicação do aparelho (fixo ou removível), do tempo aproximado de tratamento e a quantidade de manutenções. Mas a dúvida é: quais são as etapas desse procedimento?

  1. Diagnóstico

Nessa etapa, o dentista investigará a situação bucal do paciente para, em seguida, definir o plano de ação.

  1. Instalação

Como visto acima, há vários tipos de aparelho e cada um tem uma característica de instalação específica.

  1. Alinhamento

Após a instalação, os dentes começam a se nivelar e se alinhar. Nas manutenções, o especialista confere se a movimentação está ocorrendo perfeitamente ou se é necessário fazer algum ajuste.

  1. Correção

É considerada a etapa mais demorada do tratamento. O que muda em relação ao passo do alinhamento são os fios de aço, no caso do aparelho fixo. Os fios, combinados com elásticos, aumentam a movimentação dos dentes, fecham espaços na dentição, reduzem desvios, corrigem mordidas cruzadas, dentre outros.

  1. Finalização

Seguindo o planejamento do ortodontista, a etapa final chega quando o sorriso se aproxima do que o paciente esperava.

  1. Contenção

Para que a movimentação fique estável, geralmente se indica a contenção, tanto superior quanto inferior, o que aumenta a chance de os dentes permanecerem no devido lugar após todo o tratamento.

 

Por que é indispensável contar com um ortodontista especializado?

Agora que você sabe tudo sobre aparelho ortodôntico, deve ter percebido como o aparelho (móvel ou fixo) é importante para devolver a estética e a função dos dentes. Também viu que a sua colocação não é trivial! Por isso é preciso fazer o diagnóstico com um especialista, para que o tratamento seja feito levando em consideração suas necessidades pessoais.

Está no Rio de Janeiro e procura uma clínica especializada para ficar com o sorriso perfeito? Na Oral 360 todos os profissionais são altamente qualificados, oferecendo um tratamento humanizado e personalizado. Agende sua avaliação na Oral 360!