A harmonização facial é um conjunto de procedimentos estéticos realizados com o objetivo de tornar o rosto mais simétrico, proporcionando um equilíbrio estético e funcional integrado em áreas como o nariz, dentes, região do malar, queixo e lábios.

O aprimoramento da estética facial com foco em efeitos mais naturais é tendência atualmente, popularizando técnicas minimamente invasivas de rejuvenescimento, principalmente o uso dos chamados preenchedores, como o ácido hialurônico ou botox.

Continue lendo o artigo e entenda tudo o que você precisa saber sobre harmonização facial.

Quando fazer harmonização facial?

A harmonização do rosto é indicada quando a pessoa deseja diminuir olheiras, marcas de expressão, ou quando deseja definir a mandíbula ou fazer alterações na testa, queixo e nariz, por exemplo. Com a técnica, é possível realçar a beleza do rosto, aumentando a autoestima e o bem-estar.

Como é feita a harmonização facial?

Primeiro é feita uma análise minuciosa das proporções faciais do paciente, horizontal e verticalmente, levando em conta o alongamento ou projeção do rosto. Depois os pontos a serem preenchidos são avaliados:

  • Lábios: alongá-los ou aumentar o volume;
  • Supercílio: elevá-los;
  • Mandíbula: aumentar, definir ou aumentar o ângulo;
  • Malar: definir ou aumentar as maçãs do rosto;
  • Mento: aumentar a largura, altura ou projeção do queixo;
  • Nariz: ponta (elevar ou rebaixar), dorso (alinhar ou aumentar sua largura).

Depois dessa análise, serão indicados os preenchimentos de acordo com a necessidade de cada paciente, sempre com o objetivo de valorizar sua beleza natural, sem exageros ou mudanças muito radicais.

 

Quais são as substâncias usadas na harmonização facial?

Ácido Hialurônico

O ácido hialurônico é naturalmente presente no corpo humano, entretanto, seus níveis costumam diminuir ao longo do tempo, sendo uma das causas do envelhecimento e flacidez da pele. O tratamento com preenchimento é feito pela injeção de ácido hialurônico na área a ser harmonizada, nivelando sulcos, rugas e preenchendo olheiras profundas. Além disso, a substância é utilizada para dar mais volume aos lábios, bochechas e queixo, por exemplo.

Botox

O botox, também conhecido como toxina botulínica, é uma substância que é capaz de impedir a contração muscular, promovendo a paralisia temporária do músculo.

No caso estético, a aplicação de botox é muito utilizada para levantar ou corrigir o ângulo das sobrancelhas, ou suavizar rugas de expressão, como pés de galinha, por exemplo.

Ácido Polilático

O ácido polilático é considerado um bioestimulador, ou seja, é uma substância que estimula as células (fibroblastos) do próprio corpo na produção de colágeno, além de ser bioabsorvível.

O tratamento com o ácido polilático permite a reestruturação da pele e tecidos subjacentes combatendo a flacidez. O ácido pode ser usado tanto na face quanto em outras áreas como pescoço, colo, braços, abdômen, pernas e glúteos.

Como é feita a harmonização facial?

Primeiro é feita a aplicação de anestésico tópico, ou anestesia local. Depois é realizada a injeção de preenchedores com o uso de agulhas ou microcânulas.

Quanto tempo dura uma harmonização facial?

A harmonização do rosto tem um tempo variável de duração. A aplicação de ácido hialurônico dura até 2 anos, enquanto o botox tem duração de seis meses a um ano.

Quem pode fazer harmonização facial?

A princípio não há restrição, exceto pessoas que sofrem com flacidez extrema, pois nesse caso é recomendado um lifting facial ou ritidoplastia, que é a cirurgia para as rugas do rosto.

Entretanto, antes de fazer qualquer procedimento, as condições de saúde do paciente devem ser avaliadas.

Qual o preço da harmonização facial?

O preço da harmonização facial depende dos procedimentos envolvidos no caso de cada paciente.

Onde fazer sua harmonização facial?

Apesar de não ser considerado um procedimento de risco, é imprescindível que a harmonização seja realizada por profissionais capacitados.

Se está no Rio de Janeiro, conte com a equipe da Oral 360!